O SEGREDO DAS LINGUAS l O curso de língua estrangeira ainda pode fazer parte da sua vida.

Está sem tempo para aprender inglês? Confira dicas para começar hoje mesmo!

Está sem tempo para aprender inglês? Confira dicas para começar hoje mesmo!

Inspirada no livro Micro-hábitos: pequenas mudanças que mudam tudo, Talita Oliveira, da Companhia de Idiomas, compartilha dicas de como transformar o aprendizado de inglês em uma atividade simples e fácil

inglês faz parte de seus planos ou até mesmo um sonho que ainda não está em prática? Ou você começou a estudar, talvez até faça aulas/curso, só que ainda não conseguiu encaixar o estudo na sua rotina?

Talvez os micro-hábitos sejam tudo que você procura!

A ideia, inspirada no livro Micro-hábitos: Pequenas mudanças que mudam tudo, de BJ Fogg, é pensar naquilo que realmente importa para você e transformar em uma atividade extremamente simples, mas facilmente realizável.

Um exemplo que pode parecer um pouquinho absurdo: “Depois de escovar os dentes, vou passar o fio dental em dois dentes, e depois disso, vou comemorar”.

A ideia do autor foi simplificar para que o hábito sempre acontecesse. Claro que, depois de um tempo fazendo isso, o hábito naturalmente cresceu e ficou muito fácil.

A parte da comemoração é também superimportante… vai ser necessário pensar o que funciona para você e que realmente provoque sentimentos de felicidade. E deve vir logo após a realização do hábito (e até durante, na verdade).

Um sorrisão, um gesto de celebração, você pode testar e descobrir o que te fazer sentir bem.

É bom também que você saiba exatamente quando seu micro-hábito será encaixado na rotina. Um bom momento, por exemplo, seria logo depois de um hábito muito fixo que você já tem. E lembre-se de não contar só com a sua memória.

Facilite seu contexto, crie lembretes que ajudem e, mais uma vez, o momento que finaliza um hábito já muito fixo pode ser a melhor deixa para o novo.

Muito teórico? Vamos falar em termos práticos então!

Aqui vai uma lista de ideias com oito hábitos de estudo de inglês. A sua tarefa será pensar em como simplificar esses hábitos em micro-hábitos (vamos deixar dois exemplos já simplificados).

A lista traz somente ideias. Você pode usar sua criatividade e seus gostos para criar sua própria lista e transformar em micro-hábitos. Depois, é só encontrar os momentos na sua rotina e encaixar.

  1. Ouvir uma música, aprender a cantar/ler em voz alta e pesquisar palavras;
  2. Ouvir um podcast curtinho e fazer anotações;
  3. Encontrar colegas/amigos para praticar com você no WhatsApp (escrevendo ou com áudios);
  4. Escolher dois ou três canais no YouTube com conteúdo interessante para assistir;
  5. Assistir Ted ou Ted Ed com ou sem legenda (dependendo do seu nível e clareza do falante);
  6. Assistir uma parte de uma série/filme sem legenda ou com legenda (adequado ao seu nível) em inglês e anotar algumas expressões;
  7. Baixar dois ou três apps para utilizar com frequência (Lyrics training, Quiz your English etc.);
  8. Ler uma notícia em inglês por dia.

Um exemplo transformado em micro-hábito: ouvir uma música, ler a letra em voz alta e anotar duas palavras novas. Dá para fazer em menos de 5 minutinhos, hein?

Exemplo 2: assistir uma parte de uma série/filme sem legenda ou com legenda (adequado ao seu nível). Nesse caso, você vai escolher menos de 5 minutos para ver em inglês e anotar duas palavras novas também.

Talvez você esteja pensando que só um pouquinho por dia não seja o suficiente… ou que não faça diferença. Mas vamos refletir! Se você sabe que sempre quer colocar mais tempo e nunca consegue… muito melhor estabelecer algo menor que sempre aconteça, do que um plano que nunca entra em prática.

Não subestime a diferença que o “pouquinho por dia” pode fazer!

Via: https://exame.com/carreira/falta-tempo-para-o-ingles-comece-com-micro-habitos/

Mais artigos do

Blog SDL

Como se tornar fluente em Inglês

Como se tornar fluente em Inglês

A fluência no idioma inglês pode abrir portas para você, seja para interagir com outros na globalização, para melhorar sua carreira ou simplesmente para aprender sobre outras culturas.