O SEGREDO DAS LINGUAS l O curso de língua estrangeira ainda pode fazer parte da sua vida.

Porque pensar em inglês ira te ajudar a aprender rapidamente?

Porque pensar em inglês ira te ajudar a aprender rapidamente?

Antes de iniciar a leitura deste texto, vamos esclarecer que o que cahamamos de pensar em inglês aqui é chegar a um certo npivel de automaticidade no sue idioma. Você nunca vai falar inglês igual nativo e nem pensar em inglês de verdade. Você vai ser no máximo automático em algumas coisas.

Muitas pessoas associam o pensamento em inglês ao domínio do idioma, pois após muitos anos de aprendizado é normal que os alunos comecem a sonhar acordado, pensar e até falar inglês sem querer pensar no idioma.

Na verdade, mudar a linguagem de seus pensamentos pode ser uma ótima maneira de aprender mais. Veja como pensar em inglês pode ajudar no seu aprendizado e descubra como você pode começar hoje mesmo!

Como pensar em inglês pode ajudar no aprendizado

A maioria dos estudantes, quando começa a estudar inglês, recorre à tradução sempre que precisa falar ou escrever uma frase – ou seja, pensam em português primeiro e, então, traduzem a frase para o inglês. Na maior parte das vezes, isso funciona.

Então, por que pensar em inglês? Como isso ajuda no aprendizado?

Respostas mais rápidas

Durante uma conversa, quando você precisa parar para traduzir frases, acaba deixando os outros de lado e, muitas vezes, quando consegue traduzir a frase, o assunto já acabou. Pensar em inglês ajuda a ter conversas mais fluidas, especialmente com nativos.

Informações internalizadas

Quanto mais você pensa em inglês, mais o idioma fica internalizado em sua mente. Isso quer dizer que você não precisa ficar pensando em regras toda vez que quiser falar algo – as palavras simplesmente surgem, como acontece com os nativos.

Mais fluência

Muitas vezes, tentamos traduzir palavras do português – como gírias, por exemplo – que não tem tradução em inglês. Quando pensamos em inglês, no entanto, podemos recorrer a palavras equivalentes e adequadas, o que deixa o idioma mais fluente.

Prática fácil

Quando você se esforça para pensar em inglês, está praticando o idioma de um modo simples e gratuito. Além disso, você não precisa se preocupar com pequenos erros cometidos. Afinal, ninguém está ouvindo!

Como pensar em inglês?

Pensar em inglês não se torna algo natural da noite para o dia. Confira abaixo algumas dicas para praticar:

1 – Escute mais inglês

Quanto mais você escutar nativos falando em inglês, mais a língua será natural para o seu cérebro. Por isso, procure rádios, podcasts, vídeos no Youtube, séries na Netflix e escute enquanto faz suas tarefas diárias. Músicas também ajudam muito!

2 – Imagine conversas

Use a criatividade e pense em situações diversas em que você poderia falar inglês. Imagine toda a conversa, inclusive o que a outra pessoa responderia. Isso também é muito útil quando você precisa fazer uma prova oral, por exemplo.

3 – Use um dicionário monolíngue

Em vez de usar um dicionário inglês-português, use um inglês-inglês. Assim, quando você não souber o que uma palavra significa, vai ler o significado em inglês e absorver ainda mais vocabulário, evitando a tradução dos termos.

4 – Coloque etiquetas nos objetos do dia a dia

Para aprender inglês de um jeito simples, mas eficiente, você pode colocar etiquetas ou post-its em objetos que usa todos os dias. Por exemplo, escreva “chair” em uma etiqueta e cole na cadeira; escreva “book” e cole em um livro. Assim, toda vez que usar o objeto, você vai se lembrar da palavra em inglês, e não da tradução.

5 – Narre seu dia

Muitas vezes, as pessoas ouvem dicas como “fale consigo mesmo em inglês”, mas não sabem bem o que falar. Se esse é seu caso, narre seu dia. Conte para si mesmo – em voz alta ou não – o que você fez ou está fazendo.

Comece com frases simples, como “eu me levantei”, “eu tomei café”, “eu fui para o trabalho”, e vá melhorando com o tempo. Depois de algumas semanas, você será capaz de contar seu dia a dia com muitos detalhes.

6 – Seja criativo

Assim como no português, existe mais de um jeito de falar qualquer coisa em inglês. Imagine que alguém perguntou as horas e você não sabe dizer “quinze para as dez”. Nesse caso, em vez de largar tudo para pesquisar, é possível dizer “nove e quarenta e cinco” ou “quase dez horas”.

Procure por meios de explicar ou contar o que você quer com as palavras que já conhece. Assim, você pratica e aprende a pensar mais rápido em situações em que não conhece o vocabulário.

7 – Tenha paciência

Começar a pensar em inglês não é fácil, então não se desespere se não for possível nos primeiros dias. O segredo é dar um passo de cada vez e ter muita paciência. Aprender um idioma é uma questão de estudo e prática, e não acontece da noite para o dia.

Via: https://www.speedup18meses.com.br/conteudo/por-que-pensar-em-ingles-ajuda-voce-a-aprender-mais-rapido#:~:text=Pensar%20em%20ingl%C3%AAs%20%C3%A9%20uma,mesmo%20falar%20ingl%C3%AAs%20sem%20querer.

Mais artigos do

Blog SDL

Como se tornar fluente em Inglês

Como se tornar fluente em Inglês

A fluência no idioma inglês pode abrir portas para você, seja para interagir com outros na globalização, para melhorar sua carreira ou simplesmente para aprender sobre outras culturas.